Rabanadas sem culpa

O Natal já está aí mesmo à porta e já se começa a sentir o cheirinho das imensas doçarias que os portugueses adoram comer nesta altura do ano.


🎅

Pois é, aqueles dias críticos que atormentam qualquer dieta estão mesmo a chegar, e para quem tenta manter um peso saudável, esta época pode trazer algumas preocupações acrescidas, pois a maioria das iguarias natalícias está a transbordar de açúcar e gorduras.

Não quer isso dizer que não podemos apreciar todas essas coisas boas, mas há-que fazê-lo com com peso e medida.

Se não passa sem uma bela rabanada ou uma fatia de pão-de-ló com queijo… coma! Mas se já sabe que vai exagerar na doçaria, tente cortar os hidratos à refeição: deixe o pão de lado, reduza a quantidade de batatas, e encha o prato de legumes.

Mais ainda, não tente provar um bocadinho de tudo o que está na mesa, pois a tendência será ingerir bem mais que o necessário. Escolha apenas o que mais gosta.

Para além dessas estratégias da “compensação dos hidratos” e de escolher apenas o que gosta, pode ainda ter cuidado em duas situações:

  1. À sobremesa, comece pelas frutas – são pouco calóricas e saciantes, pelo que a vontade de comer doces não vai ser tão expressiva. Passe depois para as sobremesas láteas, como o leite-creme, arroz doce e aletria (sim, têm açúcar, mas pelo menos não têm gordura). Só depois, e em último caso, se deve passar para as sobremesas natalícias;
  2. Dentro dessas, e para evitar o expoente máximo de gordice, prepare você uma versão mais saudável dos doces tradicionais, como rabanadas grelhadas ou no forno. Assim sempre fica com um backup confiável.

 

logoDSC_0073.jpg

Rabanadas grelhadas
Para 8 rabanadas

Ingredientes

Para as rabanadas:

  • 1 cacete integral, de mistura ou centeio;
  • 600mL de leite magro
  • 1 pau de canela
  • 1 c.chá de canela em pó
  • 1 casca de limão
  • 2 c.sopa de mel (ou outro adoçante a gosto)
  • 1 ovo.

Para a calda:

  • Sumo de 1 laranja
  • 2 c.sopa rasas de açúcar de cana
  • 2 c.sopa de vinho do Porto (opcional)
  • 1 pau de canela
  • 1 mão de sultanas pretas (opcional)
  • Água (se necessário)

 

Procedimento:

  1. Leve ao lume o leite com a canela, a casca de limão e o mel. Quando estiver quente, retire o pau de canela e a casca de limão e deixe o leite arrefecer um pouco enquanto corta as fatias de pão;
  2. Bata o ovo numa tigela e aqueça uma frigideira antiaderente;
  3. Passe então as fatias de pão pelo leite até ficarem bem ensopadas, depois pelo ovo, e leve à frigideira sem qualquer gordura adicionada em lume médio (pode pincelar com um pouco de óleo de coco se for necessário). Vire as rabanadas e deixe dourar do outro lado. Repita o processo até acabar o pão;
  4. Com as rabanas prontas, prepare a calda. Num tacho pequeno junte todos os ingredientes e deixe ferver por cerca de 5 minutos até espessar um pouco (junte água apenas se a calda estiver demasiado espessa);
  5. Passe a calda para uma molheira e sirva com as rabanadas.

 

logodsc_0079

 

Rabanadas no forno
Para 7 rabanadas

Ingredientes

Para as rabanadas:

  • 7 fatias de pão integral
  • 400mL de leite magro
  • 2 c.sopa de mel
  • Canela a gosto
  • 1 ovo
  • 1 clara
  • 3 c.sopa de água
  • 1 c.sopa de azeite
  • Açúcar de cana q.b.

Para a calda:

  • 1 cálice de vinho do porto
  • 4 figos secos laminados
  • ½ c.sopa de mel

Procedimento:

  1. Num tacho, aqueça o leite com a canela e o mel e reserve;
  2. Bata o ovo com a clara e a água numa tigela e pincele um tabuleiro de ir forno com um pouco de azeite ou  óleo de coco;
  3. Prepare então as rabanadas. Passe as fatias de pão pelo leite até ficarem bem ensopadas, depois pela mistura de ovo, e alinhe-as no tabuleiro;
  4. Polvilhe com açúcar de cana e leve ao forno a 250ºC por 15-20 minutos, virando as rabanadas a meio do tempo;
  5. Enquanto isso, prepare a calda para servir com as rabanadas. Junte num tacho o vinho do Porto, os figos e o mel e deixe ferver até espessar um pouco;
  6. Sirva as rabanadas com a calda à parte.

 

logodsc_0524

 

E cá está! Duas sugestões bem simples, com pequenas alterações em relação às rabanadas tradicionais, que tornam esta iguaria num prato relativamente saudável (tem pão na mesma, e mel… não convém exagerar!).

Espero que gostem e que surpreendam a vossa família e amigos 🌺

Laranja-lima

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s