10 marmitas veganas numa hora

Muitas muitas pessoas perguntaram sobre as minhas marmitas. Como as organizo, o que faço, como conservo…

Sinceramente, eu não faço mesmo nada de especial, mas vou dizer-vos na mesma 😄

Então, normalmente eu preciso de ter 8 refeições prontas para a semana: almoço e jantar de segunda a quinta; e costumo fazê-las ao domingo à noite, se der tempo, ou à segunda à noite, se não tiver consultas. Se for só à segunda, peço aos meus pais para me fazerem comida a mais ao fim-de-semana para dar para o almoço de segunda, pelo menos.

Esta semana, excecionalmente, tive jogo em Lisboa no sábado, então fiz logo as refeições todas na sexta à tarde: 10, portanto.

Para não ter grande trabalho e otimizar o tempo, penso sempre em 2 ou 3 acompanhamentos de hidratos, proteína e legumes, e depois vou combinando de forma diferente.

Depois começo pelas coisas mais demoradas, obviamente, como assados, e enquanto isso fica pronto eu vou fazendo comida de tacho, que para além de ser a minha favorita, é a mais prática e a que conserva melhor o sabor ao longo de vários dias. And let’s face it, tofu na frigideira não sabe a nada!!

 

DSC_0143-3
Desculpem-me a qualidade das fotos, mas já não havia luz natural.

 

Hidratos de carbono

  • Batata-doce no forno: lavar bem a batata, secar, e cortar em rodelas médias. Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal e temperar com sal rosa, pimenta-preta, endro e azeite. Envolver bem com as mãos, dando um bocadinho de amor a cada rodela de batata. Levar ao forno médio (~180ºC) por 30 a 40 minutos, até conseguir espetar um garfo facilmente. Aproveitei e cozinhei beterraba, exatamente da mesma forma;
  • Arroz pretocozinhar no dobro da água durante 30 a 40 minutos;
  • Massa proteica de lentilhas vermelhas: cozinhar em água com um pouco de sal.

Obviamente que podem optar por um arroz normal (agulha, carolino, basmati, vaporizado, etc) e por uma massa integral.

 

 

Proteínas

  • Tofu com repolho na wok: partir cebola em rodelas, colocar na wok em lume médio, e cozinhar lentamente em azeite. Partir o tofu no formato desejado e adicionar à wok, juntamente com o repolho partido em juliana. Temperar com molho shoyu, pimenta-preta, um pouco de sal, e deixar cozinhar até o repolho amolecer. Mais no fim, adicionar um dente de alho esmagado, aromatizando todo o prato;
  • Seitan em tomate com grão: este é daqueles pratos que não falha, mas têm que saber escolher o seitan. Nada de optar por aqueles em vácuo que parecem borracha!! Optem antes por este, à venda no Jumbo (o Celeiro tem um parecido também). Para fazer este prato, é muito simples. Basta aquecer a cebola picada em azeite até ficar translúcida, acrescentar polpa de tomate e água, e temperar com sal rosa, pimenta-preta, pimentão-doce e louro. Depois de eliminada a acidez, juntar o seitan cortado em cubos e, mais no fim, o grão-de-bico previamente cozido;
  • Bolonhesa de tofu: o prato mais simples de todos. Podem aproveitar o refogado de tomate do prato anterior e acrescentar tofu esfarelado com um garfo. Depois é só retificar os temperos e deixar apurar o sabor. Terminar com manjericão fresco.

 

 

E pronto, depois é só distribuir pelas marmitas, fazendo combinações diferentes. Para o jogo de sábado, optei por levar duas marmitas iguais de tofu à bolonhesa com massa, mas para os restantes dias fiz 4 combinações diferentes.

 

DSC_0161-4

 

Como fiz tudo na sexta, deixei arrefecer as marmitas para congelar, mas quando faço ao domingo ou à segunda nem sequer congelo, pois elas aguentam muito bem no frigorífico.

E pronto, acho que é isso. Se gostarem destas ideias, pode ser que consiga partilhar mais vezes as minhas marmitas semanais.

Digam-me de vossa justiça 😉

Beijinhos,

Laranja-lima

 

P.S.: aquele Prozis be fit bag é só a minha melhor aquisição dos últimos tempos. Bonito, prático, organizado e leve. Tudo o que se pode querer. Existe também em preto. E já sabem: têm 10% de desconto com o meu cupão LARANJALIMA, perfazendo um total de 35,98€.

4 thoughts

  1. Finalmente, um blog com artigos e dicas utéis; que ajudam no dia-a-dia de uma pessoa “normal” (: Por isso, antes de mais, muito obrigada (: !

    Também sofro do problema da confeção de marmitas, e uma das grandes dúvidas que tenho é exatamente a conservação das marmitas. Quanto tempo podem ficar no frigorifico, quais os alimentos que não podem ser confecionados e conservados durante muito tempo, como conservar (colocar logo no frigorifico ou deixar arrefecer), como descongelar…

    Caso consigas, podes falar um bocadinho sobre isto?

    Beijinho grande (: !

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s