Açorda de cogumelos

Comi açorda apenas uma vez, nunca a fiz em casa, mas na hora de decidir os pratos para o #setembrosemcarnept pensei que seria giro fazer uma versão vegana.

Segui o meu instinto e lá fui fazendo. O aspeto final não me convenceu, estava mais ou menos, mas na hora de provar é que fiquei mesmo desiludida!! Tinha posto muitos espinafres, que se sobrepuseram a todos os outros sabores.

Então das duas uma: ou vos passava na mesma a receita a que me tinha comprometido, ou fazia tudo de novo.

Optei pela segunda opção, mas em vez de fazer a típica açorda algarvia, tentei fazer a alentejana. Fui falando com o meu amigo Nuno Mota (aka Alho francês) para saber o que ele achava, e cheguei a um produto final que me deixou bem mais contente 😄

 

Açorda alentejana 5793-7

 

Açorda de cogumelos

Para 4 pessoas

Ingredientes

  • 8 fatias de pão de água ou da avó
  • 200g de tomates-cereja
  • 100g de cogumelos brancos
  • 4 cogumelos portobello
  • 3 dentes de alho
  • 1 ramo de coentros
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta-preta q.b.

 

Método

  1. Comece por fatiar o pão. Se já tiver uns dias, não precisa de fazer mais nada, se for fresco, leve um bocadinho ao forno para tostar;
  2. Enquanto isso, esmague os dentes de alho (sem pedúnculo!) com os coentros, o azeite e sal grosso num almofariz (se não tiver, triture num processador). Reserve;
  3. Corte os cogumelos brancos em cubinhos pequenos e reserve;
  4. Corte os cogumelos portobello em fatias mais grossas e salteie numa frigideira antiaderente com um fio de azeite. Tempere no final com um pouco de sal. Reserve;
  5. Na mesma frigideira, salteie os tomates-cereja (metade em quartos e metade em metades) até amolecerem ligeiramente. Reserve também;
  6. Comece então a “montar” a açorda. No fundo das tigelas, coloque os cogumelos em cubinhos, depois 1 colher de sopa da mistura de alho e coentros, cubra com água a ferver, e junte então as fatias de pão (pode ou não cobrir por completo, fica a seu gosto). Disponha então os cogumelos e os tomates salteados.

 

Açorda alentejana 5793-4

 

Para servir de entrada, não precisam de adicionar mais nada, mas se for como prato principal, podem juntar uns cubinhos de tofu, por exemplo.

Informação nutricional por pessoa

IN açorda

 

Preparem-se para afugentar tudo o que é vampiro hahaha

Espero que gostem 🙂

Beijinhos,

Laranja-lima

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s