Tudo o que precisa de saber sobre Tempeh

Da Saga “Tudo Sobre”, hoje vamos falar do Tempeh! Quem me segue no Instagram, já está informado sobre as diversas alternativas à carne que existem. E quem já me vai conhecendo um bocadinho, sabe que o tempeh é das proteínas vegetais menos favoritas cá em casa, por isso este post precisou de mais tempo para marinar (entendem? marinar…).

Oh well, vamos lá ao Tempeh!

Aqui vou explicar como de costume o que é, o valor nutricional, as melhores opções no mercado, algumas receitas, entre outros temas.

1 – O que é o Tempeh?

O Tempeh é uma alternativa vegetal à carne, tradicionalmente feita a partir de feijões de soja fermentados.

2 – Como se faz Tempeh?

Começamos com feijões de soja, que têm que ser fermentados com Rhizopus oligosporus ou Rhizopus oryzae, num ambiente controlado. Podemos também usar qualquer outra leguminosa, ou até cereal, como o arroz integral e a cevada, em vez dos feijões de soja. À medida que a fermentação ocorre, ficamos com um produto mais duro e esbranquiçado, com um sabor que faz lembrar frutos secos. Para mais detalhes a Emily Han e a Oksana ensinam a fazer Tempeh em casa.

3 – Qualquer pessoa pode comer?

Não. Pessoas com alergia à soja não devem comer. A sua ingestão deve ser avaliada individualmente em pessoas com transtornos gastrointestinais ou com casos de endometriose.

4 – Como escolher?

Preferimos produtos com ingredientes básicos e procuramos, como sempre, ter uma textura familiar nesta alternativa à carne. Este substituto é um pouco amargo, o que faz com que eu, pessoalmente, ainda não o utilize com frequência na cozinha cá em casa. Uma vez que eu não adoro, vou pelos que já provei e não desgostei:

Estas opções encontram à venda no Celeiro e Go Natural. Atenção que os preços estão embalagem de 250g e são de Janeiro de 2021 em Portugal.

5.1 – Informação nutricional: Tempeh

A informação nutricional é muito semelhante à do Tofu, mas o sabor não tem nada a ver. Tal como temos vindo a falar noutros artigos e publicações, o Tempeh é uma ótima fonte de proteína e tem teores interessante de alguns micronutrientes:

Na próxima imagem, que partilhei em Janeiro de 2021 no meu Instagram, comparamos os valores nutricionais para tempeh.

6 – Como conservar?

Tal como no tofu, sugiro que conserve o tempeh num recipiente com água no frigorífico após abrir a embalagem. Costuma aguentar bem uns 4 dias, mas nada como observar e cheirar para garantir que está tudo nos conformes!

Também podemos optar por congelar o tempeh diretamente na embalagem, ou após ser cozinhado.

7 – Receitas que devo experimentar com Tempeh

Quem gosta de um bom e aconchegante cozinhado/guisado, deve experimentar este meu Dahl de Lentilhas e Tempeh. É uma forma boa de disfarçar o seu amargor típico. Digam lá se não é de babar, só de olhar para as imagens?

Para os fãs de um assado, temos a receita mais tradicional de uma Cebolada de Tempeh com Batata no Forno. Foi das primeiras maneiras que experimentei cozinhar tempeh e posso dizer que foi super simples e, claro, inspirada na nossa cozinha portuguesa.

Há também esta opção fresca de uma super Buddah Bowl, para aqueles dias mais quentes, em que preferimos algo leve e fácil de cozinhar.

Desse lado, há fãs de tempeh ou ainda não estão conquistad@s como eu? Partilhem comigo urgentemente as vossas receitas favoritas com tempeh, a ver se ganho um novo amigo na cozinha!

Como sempre, se tiverem dúvidas ou sugestões deixem nos comentários.

Beijinhos,

Laranja-Lima

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s